Live histórica com Iracema Oliveira nesta quarta-feira

postado em: Barzin, Eventos, Idhac, Notícias | 1

Uma das grandes referências e representantes da Cultura Popular de nossa Estado estará conosco nesta quarta-feira, 20, em Live para bater um grande bate sobre essa linda carreira à frente de Grupo Folclórico, Pássaro Junino, Pastorinha, além da presença constante em programas de Rádio desde a década de 50.

Esta é Iracema Oliveira, que estará na Live do Instagram nesta quarta-feira, a partir das 16h, conversando com Diretor Comercial e Consultor em Marketing Cultural da Moulton Solutions, José Maria Vilhena.

 

BIOGRAFIA DE IRACEMA OLIVEIRA

Iracema Oliveira nasceu em Belém-PA no ano de 1937. Filha do artista Francisco Avelino de Oliveira, iniciou sua carreira no Teatro Popular em 1945, com as Pastorinhas e, em 1946, participou dos Pássaros Juninos.

Ainda hoje, aos 83 anos, é guardiã do Pássaro Junino Tucano e das Pastorinha Filha de Sion, além de coordenar o Grupo Parafolclórico Frutos do Pará.

Iracema foi estrela de radionovelas e programas de rádio nas décadas de 50 a 70. Ainda trabalha até hoje no veículo, no programa Bom Dia Cidadão, da Rádio Liberal.

Fez Teatro, TV e Cinema. Sua trajetória artística inclui a coordenação de Quadrilhas Juninas e, em 2006, foi homenageada pela escola de samba paraense ‘Cacareco’, com o enredo “Iracema Oliveira: Na arte e na cultura, a razão de viver”.

Considerada um ícone da radionovela paraense, Iracema Oliveira é guardiã do pássaro Tucano desde a década de 80 e justifica a falta de músicos entre os brincantes: “Nosso grupo é de estudantes, que não têm condições de ter aulas de música e nem de comprar instrumentos como trompete, trombone, sax, pistom… são caros“. É importante continuarmos o trabalho deixado por nosso pai, o velho “Chico”, que foi um dos maiores autores de peças juninas do Estado.

 

 

 

NOME COMPLETO: Iracema Jesus de Oliveira

FUNÇÃO NA INSTITUIÇÃO: Presidente

PRINCIPAIS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

ANO DE REALIZAÇÃO

Aos 8 anos de idade teve seu primeiro contato com a cultura popular no grupo junino Cigarra Pintada

1945

da pastorinha do dispensário S. Vicente de Paula

1945

Participou do grupo Junino Quati

1946

Aos 13 anos de idade estreou no teatro da Paz na peça “sob as ordens de Moscou” sob a direção de Franciena

1951

Integrou o cast de Rádio-Teatro da rádio marajoara

1954 a 1979

Trabalhou no filme “Brutos Inocentes” de Libero Luxardo

1960

Trabalhou sob a direção de Cleodon Gondin na peça “Bodas de sangue” no teatro do colégio do Carmo

1960

TV Marajoara

1960-1979

Na década de 70 passou a secretariar o programa Paulo Ronaldo Show, ficando conhecida como a “secretária do diabo”

1970

Trabalhou sob a direção de Zecão na peça “Esta noite Lorca” no teatro do colégio gentil

1972

Trabalhou sob a direção de Cláudio barradas na peça “Odorico o Bem amado – a arvore que andava”

1973

Trabalhou sob a direção de Zecão nas peças “Lineu Dias” e ”Pedreira das Almas” no teatro da Paz

1976

Rádio Guajará

1979-1981

Rádio Liberal AM

1981 até atualmente

Diretora da pastorinha Filha de Sion

1970 até atualmente

Diretora do Pássaro Junino Tucano

1981 até atualmente

Diretora do Grupo Parafolclórico Frutos do Pará

1992 até atualmente

Tesoureira da Associação dos grupos de folclore de Belém

Desde sua Fundação

Trabalhou no filme “Conspiração do silêncio”

1990

Foi tema de trabalho de conclusão do curso de técnico cultural: “Iracema Jesus de Oliveira sua vida e contribuição para a cultura popular em Belém”. SECULT-FCPTN-UFPA

1991

Trabalhou no filme “Mulheres Choradeiras”

1995

Recebeu da FUMBEL o Troféu “Bruno de Menezes” pela sua dedicação à cultura popular paraense;

1995

Recebeu da SECULT, por meio do Pássaro Tucano, Menção Honrosa alusiva ao projeto Paixão do Boi

2002

Ministrou oficinas sobre pássaro junino, dicção e interpretação – IAP

2002

Ministrou oficinas sobre manifestações folclóricas paraenses durante do 40º festival Nacional de Folclore de Olímpia/SP

2004

Montou o auto de Natal para a equipe da 3ª idade da PARATUR

2004

Participou de várias mesas redondas sobre cultura popular paraense em órgãos municipais e estaduais

2004-2007

Foi Homenageada no Baile dos Artistas pelo conjunto de obras realizadas no estado do Pará na área cultural;

2005

Recebeu da associação carnavalesca Cacareco, diploma por sua brilhante participação no carnaval 2006 como tema da escola e pela conquista do título de campeã do carnaval;

2006

Colaborou como palestrante no projeto de pesquisa “Bairro do telégrafo: memória e história”. Curso de formação de professores-UEPA

2006

Recebeu da Câmara Municipal de Belém a Plaqueta “Dulce Accioli” pelos relevantes serviços prestados em nossa sociedade na área cultural e social;

2008

Foi tema de pesquisa do programa de bolsas de pesquisa e experimentação artística e das bolsas de transmissão de conhecimentos da cultura popular 2008: “Iracema Voa”

2008

 Foi premiada pelo ministério da Cultura como mestre de cultura Popular, através do edital “Mestre Humberto de Maracanã’ – 2008”

2008

 Responsável por um dos 60 novos Pontos de Cultura do Minc/Secult-PA aprovados em 2009: Ponto de Cultura “Heranças do Velho Chico”

2009

Foi premiada pelo ministério da Cultura, através do edital “100 anos do Mestre Mazaroppi – 2012” pela atividade realizada com o pássaro junino Tucano

2012

Teve projeto de sua associação cultural premiada pelo instituto Brasileiro de museus, como ponto de memória, pela atividade de salvaguarda do Pássaro Junino

2014

Foi premiada pela fundação cultural do Pará como mestre de cultura Popular, através do edital “Seiva 2015”

2015

Foi consagrada como a Rainha do Baile dos Artistas de Belém;

2016

Teve projeto de sua associação cultural premiada pela FUMBEL em parceria com UNESCO, no edital de Projetos Culturais de relevância social

2018

Recebeu homenagem da SECULT-PA no dia das mulheres com a apresentação do espetáculo “Iracema Voa” de Ester Sá no Teatro da Paz.

2020

Participou de todos os festivais Nacionais e Internacionais de Folclore pelo Brasil juntamente com o Grupo Frutos do Pará, como presidente e diretora artística

Desde 2000 até a presente data

Apresentadora oficial dos Pássaros Juninos na programação junina do CENTUR Desde 2010
Apresentadora oficial dos Pássaros Juninos na programação junina da Fumbel Desde 2000

  1. Judite Torres

    Já fui brincante da tia Iracema e tenho orgulho de ter participado do Pássaro Tucano e das Pastorinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − quinze =